Versão.Br – O Leãozinho

*PUBLICADO ORIGINALMENTE EM 3 DE AGOSTO DE 2012*

Versão Br - Leãozinho

Mais uma vez trago um Versão.Br ao contrário, sim, normalmente esta seção é dedicada a músicos e bandas do Brasil que encaram fazerem as suas versões de sucessos (ou não) de músicas gravadas originalmente em outras línguas, mas hoje a história muda, trata-se de uma banda cuja língua é o inglês cantando uma música brasileira no nosso bom e velho português.

A banda da vez é a estadunidense Beirut, ou se preferirem, a orquestra da vez. O vocalista Zach Condon comanda uma reunião de músicos e faz um som bem peculiar, difícil até de rotular, acho que o rótulo que melhor se enquadra ao som da banda é o World Music.

O uso de instrumentos de diferentes regiões e estilos combinam em um som único, dai talvez venha tão boa mistura. O havaiano Ukelele por exemplo (que foi tocado com maestria por aqui há dois posts  pelo mestre Jake Shimabukuro), está sempre presente com seu som marcante, ouve-se as vezes um som de tuba, violoncelos e outros tantos instrumentos que dificilmente ouvimos tocando a mesma canção, talvez seja essa a receita de um som tão grandioso.

Leia mais

3 Versões – Insensatez (How Insensitive)

3 versões - incensatez

Trata-se de um Post de 2010, sendo, algumas informações podem estar desatualizadas, porém foram mantidas para preservar o post original.

Insensatez é uma composição de ninguém mais, ninguém menos do que Tom Jobim e seu brother Vinicius de Morais, bom, poderia acabar o post com essa informação, ela já credencia a música e até as versões, mas vamos em frente.

Talvez seja uma das mais famosas da dupla, escrita em 1961, e já rodou o mundo. Regravada em português por nomes como Nara Leão, Elis Regina e João Gilberto, em espanhol  por Roberto Carlos e em inglês, por figuras do nipe de Frank SinatraElla Fitzgerald, Nancy Wilson, Sinéad O’ConnorWes MontgomeryDiana Krall… é mole?

Vamos a 3 versões, duas em inglês e uma em português, e olha, foi bastante difícil escolher apenas três…Iggy Pop –  How In...

Leia mais

Video Cover – Heroes

Video Cover - Heroes

Olá amantes dos covers, estamos de volta á nação dos covers e com mais um clássico revisitado por um artista “novo”.
Estamos falando da versão de Heroes do lendário David Bowie feita pela estadunidense Janelle Monáe.

Bom, sobre Bowie e a versão original não preciso falar muito, mas se você não conhece (ou o Bowie ou a música) pode conferir aqui esse post de 2011 que traz outra versão da música, essa feita pela banda Wallflowers para a trilha sonora do filme Godzilla em 1998.

A versão de hoje como dito anteriormente fica por conta da cantora de R&B e compositora Janelle Monáe. A cantora passou pelo Brasil acompanhando a lendária Amy Winehouse em 2011, voltando no mesmo ano para o festival Rock in Rio.Descrição: http://covernation.com.br/wp-includes/js/tinymce/plugins/wordpress/img/trans.gif

Com 3 discos lança...

Leia mais

Original x Cover – Trem das onze

Original x Cover - Trem das onze

De volta com mais um Original x Cover, e dessa vez 100% brasileiro e com uma das mais famosas canções nacionais de todos os tempos, Trem das onze.

A versão original é de 1951, gravada pelo seu compositor, o lendário Adoniram Barbosa, porém a popularização da canção se deu de fato através da gravação de 1965 com o tradicional grupo Demônios da garoa, que além dessa canção gravou e popularizou outras tantas de Adoniram, como O samba do Ernesto e Saudosa Maloca.

Adoniram e os Demônios da Garoa são dois dos nomes mais conhecidos do samba paulista, o primeiro por sua vez, junto com Geraldo FilmeHenricãoHélio Sindô entre outros, é tido como o pai do gênero na cidade.

Leia mais

Original x Cover – Lovesong

smiths

Hey Ho!

Hoje vamos de pegada 1/2 rock, 1/2 romântica, com mais um clássico do The Cure: Lovesong.
A música, que é uma verdadeira declaração de amor, foi um presente do nosso querido Robert Smith, vocalista da banda (Rob, para os íntimos) a Mary, sua noiva na época, como um presente de casamento.
Lovesong foi um dos vários sucessos contidos em Disintegration, de 1989. Para muitos, Disintegration ainda é tido como o melhor álbum do The Cure e reafirmou o caráter vanguardista e criatividade da banda. O álbum tem uma atmosfera super densa, sombria, e mesmo Lovesong sendo uma balada romântica, ainda brilha pela melancolia contida nas notas. Soa gótico demais?
Também faz parte do álbum a clássica Pictures of You, usada em 2003 pela HP em um comercial de TV. Entre diversas premiações, Pictures of You levou a 278ª posição das 500 melhores canções de todos os tempos da Rolling Stone, 2004.

Leia mais

Video Cover – Scary Monsters And Nice Sprites

skrilex

Voltando ás atividades! E com um cover bem legal pra compensar a ausência!

Hoje um Video Cover que me deixou hipnotizado, achei de primeiríssima qualidade e corri pra compartilhar aqui. Trata-se de um cover da música Scary Monsters And Nice Sprites originalmente gravada pelo músico Sonny John Moore mais conhecido como Skrillex, produto, guitarrista e cantor, que hoje se destaca como grande nome da música eletrônica. Se você é fã de dubstep e música eletrônica no geral, com certeza conhece o trabalho do cara, se não, pode conhecer o trabalho dele clicando aqui.Descrição: http://covernation.com.br/wp-includes/js/tinymce/plugins/wordpress/img/trans.gif

Pa...

Leia mais

Original x Cover – Age of Consent

Original x Cover

Hey Ho!!!

O Lolla Palloza 2014 acabou, bombou e trouxe ícones do rock mundial.

Vamos então a um cover muito competente do New Order, que fechou o Lolla no domingão, dia 06 de abril.
Como já comentamos anteriormente, a banda “nasceu da morte” do Joy Division (ver post), e ainda faz muita bandinha nova comer poeira, apesar de já serem “tiozões”.

Age of Consent figura no álbum Power, Corruption & Lies, de 1983. Nunca apareceu em nenhuma lista do tipo Top 10, porém é uma canção muito popular entre fãs e apreciadores do gênero, já fez parte de trilhas sonoras de filmes, documentários, comerciais e muitas bandas já gravaram suas versões para este clássico, incluindo o Arcade Fire (que “brigou” com o New Order no mesmo horário, porém em outro palco do domingo, quanta ...

Leia mais